Gerando Falcões é notícia em famoso jornal da África do Sul

Ong de Poá ganhou destaque no Dia Internacional em Homenagem a Nelson Mandela por realizar projetos que transformam vidas

O Instituto Gerando Falcões, situado em Poá, na zona leste de São Paulo, virou notícia em um dos jornais mais importantes de Cape Town, o Cape Times, da África do Sul, no fim do mês passado. A Ong foi destacada por realizar mais de dez projetos implantados para comunidades e que já alcançaram mais 300 mil pessoas da periferia por meio do esporte, cultura e renda.

O GF dividiu a mesma página de notícias com matérias sobre o Dia Internacional em Homenagem a Nelson Mandela, grande líder africano que lutou contra a segregação racional na África e inspirou milhares de pessoas do mundo todo. A Ong brasileira foi apresentada ao noticiário pelo empreendedor social e fundador do Gerando Falcões, Edurado Lyra, que está na África do Sul desde 12 de julho para estudar inglês e vivenciar a cultura africana.

Ao jornal, Lyra contou sua história de vida de quando morava em um barraco e era colocado para dormir dentro de uma banheira azul na infância, uma vez que seus pais não tinham condições financeiras para comprar um berço. “Nós sempre presenciávamos atiradores do lado de fora de casa. A noite, minha mãe me protegia com o próprio corpo contra as balas perdidas”, contou o fundador do GF.

O consul geral do Brasil em Cape Town, Carlos Alberto Asfora, elogiou os projetos do Gerando Falcões no Brasil e disse à mídia que “Lyra é um exemplo vivo de alguém que conseguiu alcançar objetivos e o mundo”. A fala de Asfora está relacionada com o fato de Lyra ter sido nomeado pelo Fórum Econômico Mundial como um dos 15 jovens brasileiros com potencial para mudar o mundo.

Lyra ganhou a bolsa de estudos da Good Hope Studies e da agência de intercâmbio Experimento para estudar na África por 20 dias. O líder social retorna ao Brasil na sexta-feira (05/08).

Projetos

Os projetos do Gerando Falcões estão em constante expansão. Todo sábado, famílias que vivem em regiões periféricas e têm poucos recursos financeiros têm a oportunidade de participar de oficinas de esporte e cultura, oferecidas pela Ong dentro da escola municipal José Antônio Bortolozzo, no bairro Cidade Kemel, em Poá. Entre as atividades, estão aulas de boxe, coral, pintura, teatro, dança, futsal, tênis, etc.

No próximo dia 13, o Gerando Falcões vai inaugurar um curso inédito de programação para jovens da periferia, lançado em parceria com grandes empresas, tais como: Oracle, Microsoft, RedBelt, SoftwareOne, BPlan, Niteo e Korn Ferry.

Confira matéria completa no jornal de Cape Town aqui: http://www.iol.co.za/capetimes/brazilian-wants-locals-to-reach-for-sky-2048129

Eduardo Lyra com consul geral do Brasil em Cape Town, Carlos Alberto Asfora

Leave a Reply

Translate »