Ex-preso encaminha mais de 20 egressos ao trabalho e é premiado Jovem Brasileiro do ano

Homem é o primeiro ex-presidiário da história a ganhar o concurso, realizado há 15 anos; ele foi destaque em meio a personalidades como Neymar e Fábio Porchat

Escolhas mudam histórias. A frase nunca fez tanto sentido na vida de Leonardo Precioso, de 35 anos, que foi premiado Jovem Brasileiro 2016 no último domingo (25/09), na categoria Social, pelo relevante trabalho que realiza na Ong Gerando Falcões. Precioso, que ficou preso sete anos, escolheu mudar sua trajetória ao ser influenciado pela organização social a abandonar o crime e retornar à vida social.

Ele, que foi o primeiro ex-presidiário da história a ganhar o concurso, integrou o time do Gerando Falcões há um ano e quatro meses. Atualmente, lidera os projetos esportivos da Ong e já encaminhou mais de 20 ex-presidiários ao mercado de trabalho em parceria da organização social com grandes empresas. Há seis meses, o coordenador retomou os estudos e faz faculdade de educação física.

“Esse prêmio é um presente para minha família e meus amigos que depositavam esperança em mim. Hoje eu vejo que com oportunidade e com vontade de transformar, as coisas mudam para melhor. Esse reconhecimento tem muito valor para mim”, contou o coordenador.

Para o fundador do Gerando Falcões, Eduardo Lyra, que foi premiado no ano passado com o mesmo troféu, o reconhecimento ao Leonardo Precioso é justo. “Essa é uma coroação não só para o Léo, mas para o Gerando Falcões pois, de fato, mostra o sonho que a gente compartilha, de que é possível escolher outros caminhos e transformar vidas. Não importa de onde você vem, o que importa é para onde você vai”, complementou Lyra.

Premiados

O Prêmio Jovem Brasileiro começou em 2002 e está na 15ª edição. A escolha dos vencedores foi definida pelo “Voto da Galera”, no site oficial (www.premiojovem.com.br) que este ano contou com mais de 7 milhões de votos pelo “Júri Especial”, formado por jornalistas, colunistas e formadores de opinião.

O coordenador do Gerando Falcões ganhou o prêmio juntamente com outros grandes nomes do cenário nacional, como as cantoras Ivete Sangalo e Anitta, o jogador Neymar, o apresentador Fábio Porchat, a humorista Tatá Werneck, entre outros.

Leonardo Precioso na sede do Gerando Falcões com o troféu

Leo no Jovem Brasileiro

Leave a Reply